Maestro e compositor Heitor Villa-Lobos comemora 125 anos | Kuarup

Kuarup comemora os 125 anos do maestro Villa-Lobos com dois títulos em catálogo

Se estivesse vivo o maestro e compositor carioca Heitor Villa-Lobos completaria 125 anos de idade nesta segunda-feira (5).

A gravadora Kuarup se orgulha de ter em seu catálogo o maior acervo registrado sobre a  gigantesca obra do músico que revolucionou a cena musical do Brasil no começo do século 20 e se tornou o compositor brasileiro mais respeitado no planeta ao longo dos anos.

As gravações sobre a obra de Villa-Lobos pertencentes ao acervo estão sendo negociadas para relançamento. Um dos primeiros CDs reeditados que estão à venda é A Floresta do Amazonas. A obra composta em 1958 é uma das últimas criações do maestro carioca. Feita por encomenda da MGM, para servir de trilha sonora ao filme Green Mansions, estrelado por Audrey Hepburn e Anthony Perkins.

Villa-Lobos, porém, não ficou satisfeito com a edição e as modificações feitas na peça pelo também compositor Bronislau Kaper para sincronizá-la e decidiu transformá-la em uma suíte sinfônica. Algumas das canções do CD como Melodia Sentimental e  Canção de Amor, se tornaram mais conhecidas do compositor, ganharam letra e participações de Ney Matogrosso, João Carlos Assis Brasil, Wagner Tiso, Jurim Moreira e Jaques Morelenbaum.

Outro título disponível nas lojas é Os Choros de Câmara, obra que representa um estágio definitivo na produção do compositor carioca e neste disco reunida com todos os choros completos de Câmara, além de outros dois de caráter solístico.

É a primeira e única vez que as obras de choro de Heitor Villa-Lobos são registradas por completo.

 

Confira os novos lançamentos da Kuarup

Conheça todos os artistas do acervo

Veja todas as notícias sobre  a gravadora Kuarup

radio kuarup